blog do André Valente


270 filmes – #086 – Relíquia Macabra
18/12/2009, 15:33
Filed under: 270 filmes



#086 – Relíquia Macabra (The Maltese Falcon) – 1941

Diz a lenda que usaram dois falcões no filme, porque o primeiro o Bogart deixou cair no chão. Parece que, em algum museu em algum lugar de Hollywood tem o falcão original, com as penas do rabo rachadas há quase setenta anos atrás. Também dizem que, em algum momento, o estúdio queria mudar o nome do filme para “The Gent from Frisco”, porque o livro já tinha sido adaptado em 1931 como Maltese Falcon. E também dizem que, pro estúdio economizar uma grana, o Bogart teve que usar suas próprias roupas durante as filmagens. E também parece que o John Huston tava pegando a Mary Astor. Pois é, essas são as coisas das quais os sonhos são feitos…



270 filmes – #085 – Alucinações do Passado
17/12/2009, 09:55
Filed under: 270 filmes



#085 – Alucinações do Passado (Jacob’s Ladder) – 1990

Se tem um filme que me deu medo por muitos e muitos anos, é esse. Até a capa do vídeo na locadora me dava calafrios. Eu lembro que, na época, o final me surpreendeu bastante – hoje em dia não deve ser surpresa pra ninguém. O bom é que, mesmo hoje em dia, o visual e a narrativa do filme aguentaram o teste do tempo e continuam assustadores. A história dentro da história dentro do sonho dentro da alucinação dentro da história continuam desorientadores, mesmo pra quem sabe o final e já viu isso virar piada em mil filmes e seriados. Incrível, considerando que o filme é escrito pelo cara que escreveu Ghost e dirigido pelo cara que dirigiu Flashdance.

(Eu teria feito o desenho mais parecido com a capa do video, ou mais na linha do Witkin, porém, pra ser sincero, ainda tenho um tanto de medo dessas referências)



270 filmes – #084 – The Hurt Locker
11/12/2009, 09:58
Filed under: 270 filmes

#084 – The Hurt Locker (Guerra ao Terror)

O esquadrão anti-bombas tem um dos empregos mais estressantes e fascinantes do mundo. O esquadrão anti-bombas americano no Iraque então, nem se fala. Pouca gente falou do filme, que é da mesma diretora do incrível – sim, incrível – Caçadores de Emoção, mas esse Hurt Locker, além de ser um daqueles filmes de roer a unha até o sabugo, é bom pra diabo. Não deixe a tradução besta do nome e o fato do filme ter ido direto para DVD no Brasil te enganarem, o filme é bem bão.



270 filmes – #083 – Janela Indiscreta
10/12/2009, 19:09
Filed under: 270 filmes

#083 – Janela Indiscreta (Rear Window) – 1954

Quando a gente pára pra pensar, é meio incrível que um dos maiores clássicos do cinema tem, como herói, um sujeito imobilizado, de pijama, que fica olhando os vizinhos com binóculo e lente tele-objetiva. Talvez se não fosse o bom moço supremo James Stewart, ninguém nunca teria engolido essa história direito. Sem ele, Um Corpo Que Cai seria um filme sobre um cara patético com medo de altura, e Meu Amigo Harvey seria um filme sobre um doidão esquizofrênico. Se Jimmy Stewart tá na parada, a gente aceita tudo com bem menos malícia.



270 filmes – #082 – A General
09/12/2009, 15:53
Filed under: 270 filmes

#082 – A General (The General) – 1926

Talvez um dos filmes mais importantes da história do cinema, A General é o princípio do filme de ação. E é um pouco preocupante perceber que, em oitenta e poucos anos, existem pouquíssimos filmes de ação tão emocionantes quanto A General – o romance eterno entre um homem e sua locomotiva. Buster Keaton, pra quem não sabe, é o avô do Jackie Chan, fazendo as cenas de ação sem dublê. E que cenas de ação – inigualáveis até hoje. (Aliás, sempre achei esquisita aquela homenagem besta que o Jackie Chan faz ao Chaplin em Bater ou Correr em Londres.)



270 filmes – #081 – O Profissional
08/12/2009, 16:36
Filed under: qualquer coisa

(Desenho de Mateus Gandara)

#081 – O Profissional (Léon) – 1994

Com a palavra, Mateus Gandara:
O Profissional (Léon: The Professional ou apenas The Professional , no original [Nota do Editor: o título original é Léon mesmo] ) é um dos poucos filmes de ação com dignidade. É de ação porque tem tiroteio. Tem dignidade porque tem delicadeza. Hoje em dia eu nem me dou ao trabalho de procurar coisa boa nesse gênero de filme. As indústrias de propaganda e de cinema estão tentando fazer o mundo inteiro comprar a idéia de que um babaca bem vestido e ignóbil seja algo mais que apenas isso. Babaca herói, babaca femme fatalle, babaca publicitário e babaca inteligente. Léon não sabe ler, não sabe o que é dinheiro, não sabe o que é mulher e não sabe o que é justiça. Mas ele aprende a amar. Uma criança. Uma planta. Amor sereno, amor sem discurso.



Eu voltei…
07/12/2009, 15:21
Filed under: 270 filmes

Depois de dois meses de mudança de cidade, de trabalho, de casa e de praticamente todo o resto, consegui finalmente me organizar o suficiente pra voltar a desenhar os filmes. Obrigado pra todo mundo que me deu bronca, pra todo mundo que reclamou do hiato e pra todo mundo que me disse que sentia falta. Agora vou me esforçar pra voltar à velha forma e, quem sabe, perder o atraso (tive que dar uma chance pro Hiro me alcançar!).

Agora é ripa na chulipa, abaixar a cabeça e voltar a trabalhar.